Desemprego e informalidade já atingem metade da população da Nigéria - R2 Notícias

Desemprego e informalidade já atingem metade da população da Nigéria

Desemprego e informalidade já atingem metade da população da Nigéria

Desemprego e informalidade já atingem metade da população da Nigéria
Diversas

Desemprego e informalidade já atingem metade da população da Nigéria

Além do aumento da taxa de desemprego em 2020 – 27,1% em comparação a 23,1% no último trimestre de 2018 –, a taxa de subemprego também cresceu 28,6% no país. Nos últimos cinco anos, o índice triplicou.

Como subemprego entende-se aqueles que trabalham menos de 40 horas por semana ou que subutilizam habilidades, tempo e educação.

Declínio na educação

Após drástica redução nos financiamentos para a educação, infraestrutura precária e recorrentes greves de professores, os jovens nigerianos se veem cada vez mais distantes das universidades.

De acordo com a pesquisa, apenas um em cada quatro estudantes que se inscreverem nas universidades do país conseguirá a vaga.

Em contrapartida, os filhos de famílias ricas e de classe média vão estudar no exterior. Essas famílias procuram dar a seus filhos vantagens para vencer o desemprego na Nigéria, além da possibilidade de migrar para outro lugar.

Entre os destinos favoritos desses estudantes estão os EUA. Entre 2018 e 2019, os gastos de estudantes nigerianos gastaram US$ 514 milhões (R$ 2,7 bilhões) no país no ano letivo de 2018-2019.

O valor supera o que foi gasto por jovens alunos nigerianos na França, na Alemanha e no Reino Unido no mesmo período, de acordo o Instituto de Educação Internacional.